Cinco dicas para empresas enquadradas no Simples Nacional

Se o seu negócio está enquadrado no Simples Nacional, é importante estar atento às regras do programa. É verdade que esse sistema de tributação é mais simples do que os outros, mas isso não quer dizer que o empresário deva menosprezá-lo, deixando tudo para a última hora.

Por isso, resolvemos listar algumas dicas para que a sua empresa se organize, usufruindo de todas as vantagens do Simples Nacional. Curioso? Então, leia este artigo com atenção e veja se o seu negócio já está fazendo tudo certinho, ok?

1. Converse com o seu contador

No Simples Nacional, a tributação é calculada sobre o faturamento — e não sobre o lucro. Por isso, é possível que uma empresa seja tributada, ainda que não tenha tido margem de lucro. Para evitar situações como essa, em que os impostos possam prejudicar o negócio, é importante contar com o suporte do contador para fazer o planejamento tributário do ano.

2. Esteja atento aos recebimentos

O cálculo da alíquota de impostos é feito sobre as vendas dos últimos 12 meses. Isso quer dizer que se a empresa não tiver controle sobre as vendas, ela poderá calcular errado o tributo, pagando a mais ou pagando a menos — o que pode gerar multas.

3. Calcule o “fator R”

Para os empreendedores do setor de serviços, que estavam no anexo IV até o ano de 2017, a folha de pagamento dos funcionários afetará o cálculo do Simples Nacional.

Se o impacto dos pagamentos aos colaboradores (contando autônomos) for menor do que 28% do faturamento, a empresa poderá ter alíquota 9,5% maior. Por isso, contratar pode ser mais barato, dependendo, claro, do custo de um novo colaborador. Esse impacto é chamado de “fator R”.

4. Pague seus impostos em dia

O Simples Nacional incentiva a troca de informações entre municípios, estados e o Governo Federal. Por isso, o atraso no pagamento de tributos pode, sim, ocasionar a saída da empresa desse regime especial.

5. Projete suas vendas

Sabendo que as empresas enquadradas no Simples Nacional são taxadas de acordo com o faturamento, é importante que o empreendimento projete as suas vendas.

Dessa maneira, fica mais fácil descobrir o valor que será pago em impostos, evitando ser pego de surpresa. Aliás, esse planejamento ainda ajuda o negócio a traçar metas de crescimento realistas, algo fundamental para a saúde financeira da companhia.

Apesar de o Simples Nacional ser um regime pensado para as pequenas empresas, isso não significa que ele possa ser feito de qualquer maneira. Quanto mais organização o empreendedor tiver, mais fáceis serão os processos contábeis do seu negócio.

Por isso, se você precisar de ajuda, converse com a nossa equipe. Temos longa experiência no mercado de contabilidade — além de um atendimento de excelência, que preza pela personalização.

Fale conosco!